Mestrado e Doutorado

PDF Imprimir E-mail

    Pode-se dizer que a institucionalização acadêmica da Sociologia em Pernambuco se completou ao se criar, em 1963, a pós-graduação e a pesquisa no Instituto de Ciências do Homem (ICH) da Universidade do Recife (URE), hoje Universidade Federal de Pernambuco, como decorrência da aprovação de seu Estatuto pelo Conselho Universitário em 26 de junho de 1962 e pelos pareceres 130/62 e 10/63 do Conselho Federal de Educação, instituindo como entidades componentes da Universidade (URE), as Faculdades e Escolas e os Institutos Universitários. A nível federal estava a Lei No 4024, de Diretrizes e Bases, de dezembro de 1961. No ICH, entre outras, foram criadas as Divisões de Economia e de Sociologia, destinadas á pesquisa e ao ensino pós-graduado nessas áreas.    

   Até então, a Sociologia como disciplina universitária estava presente nos cursos de graduação de ciências sociais das Faculdades de Filosofia do Recife e de Pernambuco, no Curso de Serviço Social da Escola de Serviço Social de Pernambuco e em alguns outros cursos dessas duas Faculdades e de outras unidades universitárias, como a Faculdade de Ciências Econômicas. Apesar das inúmeras pesquisas realizadas por seus professores, individualmente, não se poderia dizer que a pesquisa social estivesse institucionalizada nesses cursos; isso acontecia institucionalmente no Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, hoje Fundação Joaquim Nabuco.     

   O Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Pernambuco - PPGS/UFPE (Mestrado e Doutorado) teve sua origem nos Cursos de Mestrado em Economia e Sociologia ministrados pelas respectivas Divisões, autorizados pelo Conselho Universitário como um programa conjunto em dezembro de 1966 no Instituto de Ciências do Homem. Começaram a funcionar em janeiro de 1967 e foram credenciados pelo Conselho Federal de Educação em 1974 (Parecer 11/74, aprovado pelo CFE em 21/01/1974, homologado pelo Ministro da Educação em 01/08/1974 e publicado no Diário Oficial da União em 22/08/1974).    

   Em 1968, em conseqüência de reforma universitária, o Mestrado em Sociologia passou a ser localizado institucionalmente no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas e o de Economia, na Faculdade de Ciências Econômicas, embora continuassem fisicamente funcionando no primeiro. Passaram a formar o Programa Integrado de Economia e Sociologia (PIMES), coordenado pela Reitoria da Universidade, assim permanecendo até 1981.   

   O Curso de Doutorado, com área de concentração em mudança social, devidamente autorizado pelo Conselho Universitário em 15 de agosto de 1994, começou a funcionar em 1995, com a sigla atual de PPGS/UFPE, sendo aprovado pelo DAA/GTC/CAPES em 17 de julho do mesmo ano. Em 2002 o PPGS foi avaliado com a nota 5 pela CAPES , indicando a sua posição de programa consolidado na área.